Get Adobe Flash player Menu requer uma nova versão do Adobe Flash Player.
Dýnamis Dynamis
Dýnamis prospecçãoo eólica


CNPq



Seminario CNPq RHAE




Seminario CNPq RHAE
2º Seminário de Acompanhamento do RHAE - Pesquisador na Empresa

Nesta quarta-feira (27/10), foi realizada na Sede do CNPq a abertura do Seminário de Acompanhamento e Avaliação das 2ª e 3ª Rodadas do Edital 32/2007 - RHAE Pesquisador na Empresa. O evento, que prossegue até amanhã (28), busca não só acompanhar os projetos em execução no âmbito do programa, avaliando os resultados preliminares e perspectivas, como também visa proporcionar aos seus executores um ambiente de troca de experiências e disseminação da cultura de inovação.
A abertura contou com a participação do Presidente do CNPq, Carlos Alberto Aragão, do Diretor de Engenharias, Ciências Exatas e Humanas e Sociais, Glaucius Oliva, do Coordenador do Programa de Capacitação Tecnológica e Competitividade, Cimei Borges Teixeira e do Secretário de Desenvolvimento Tecnológico e Inovação do MCT, Ronaldo Mota.
Durante estes dois dias, representantes de diversas empresas que participam do RHAE e outras entidades de classe dos setores empresariais e organizações voltadas ao incentivo à inovação irão avaliar o desempenho de suas atividades no âmbito do Edital MCT/SETEC/CNPq nº 32/2007 e também consolidar novas informações para aperfeiçoar ainda mais o RHAE - Pesquisador na Empresa, com vistas a propor possíveis melhorias nos mecanismos utilizados nas chamadas subseqüentes.
No edital nº 32/2007, foram destinados R$ 20 milhões com a concessão de 385 bolsas. Mais de 130 empresas foram contempladas e o setor mais evidenciado foi o de software, seguido pelo de biotecnologia e bens de capital. A região com o maior número de beneficiados foi a Sudeste, seguido do Sul e Nordeste. Na 2° rodada, 49 projetos foram aprovados e na 3° rodada foram aprovados 38.

Pesquisador na Empresa

O objetivo do RHAE – Pesquisador na Empresa é garantir, por meio de apoio a projetos, que um pesquisador qualificado (mestre ou doutor) seja inserido nas micro, pequenas e médias empresas e, dessa forma, supra a deficiência de baixa qualificação de pessoal nos setores de P&D. Além disso, o programa busca construir uma ponte entre a academia e o setor privado para que o conhecimento obtido na universidade não fique restrito ao setor acadêmico, mas possa ser empregado em algo que gere valor agregado ao produto e contribua para o desenvolvimento tecnológico do país. Os projetos contemplados contam com até dois anos de bolsas para mestres e doutores, podendo ser acompanhados por graduados, alunos de graduação, Pesquisador/Consultor Visitante e Apoio Técnico.

Como participar

Os editais do RHAE são disponibilizados no sítio de internet do CNPq (www.cnpq.br). Cada edital costuma ser lançado ao final do ano, prevendo a submissão de projetos no ano subseqüente. O edital oferece três momentos distintos para a submissão. Estas três rodadas possuem julgamentos independentes, permitindo chances de aprimoramento dos projetos.

Conhecendo a história do RHAE

Criado em 1987, com gestão do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) e execução feita pelo CNPq, o Programa RHAE utiliza um conjunto de modalidades de bolsas de Fomento Tecnológico, especialmente criado para agregar pessoal altamente qualificado em atividades de P&D nas empresas, além de formar e capacitar recursos humanos que atuem em projetos de pesquisa aplicada ou de desenvolvimento tecnológico.
A partir de 1997, o Programa RHAE passou a ser denominado Programa de Capacitação de Recursos Humanos para o Desenvolvimento Tecnológico, e a gestão ficou a cargo do CNPq. Além disto, as ações passaram a ser realizadas por meio de editais regulares.

Fonte: http://www.cnpq.br/saladeimprensa/noticias/2010/1027a.htm

Dýnamis notícias Dýnamis home
.
.
Dýnamis Alta Tecnologia em Soluções e Produtos
© 2010 Dýnamis Indústria e Comércio Ltda. Todos os Direitos Reservados.
Rua Ernestina, 200 - Vila São João - Ferraz de Vasconcelos - SP - Brasil | CEP 08537-400 | Fone: 55 (11) 4678-1088